quinta-feira, 11 de abril de 2013

::: Dia 11 de Abril ::: Dia do Infectologista :::


A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) instituiu o dia 11 de abril como a data de comemoração do Dia do Infectologista. A criação de uma data em homenagem aos médicos da especialidade atende decisão da Assembléia Geral da SBI realizada em novembro de 2005, referendada posteriormente na reunião do Conselho Deliberativo da Sociedade ocorrida em janeiro de 2006, em São Paulo.
  Este dia foi escolhido por se tratar da data de nascimento do Dr. Emílio Ribas, renomado e ilustre médico atuante no campo das doenças infecciosas, constituindo-se assim, no país, um dos pioneiros da Infectologia.
Sobre a especialidade - Infectologia é a especialidade médica que aborda doenças infecciosas e parasitárias, sejam elas causadas por vírus, bactérias, fungos, protozoários ou outros microorganismos. O Infectologista é o médico especialista no diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos pacientes acometidos por doenças infecciosas.
Atualmente as doenças infecciosas são responsáveis por grande parte das consultas médicas ambulatoriais e em pronto-socorro. No entanto, devido à carência de infectologistas em algumas regiões e à falta de informação da população sobre o papel do infectologista, a grande maioria desses pacientes é atendida por médicos de outras especialidades. 
Por ser um especialista acostumado a lidar com doenças localizadas nos mais variados órgãos do corpo, em geral, o infectologista também tem uma visão global do paciente, e frequentemente exerce a prática de clínica geral.
O Infectologista atua basicamente em 4 grandes áreas clínicas: 
-Diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas e parasitárias 
-Imunizações (Vacinação) 
-Aconselhamento na Prescrição de Antimicrobianos (Uso correto de antibióticos) 
-Controle de Infecção Hospitalar
Há uma série de doenças cujo diagnóstico e tratamento é da competência do infectologista. Em suma, todas as doenças causadas por vírus, bactérias, fungos, protozoários ou outros microorganismos.
Por ser a especialidade com mais diagnósticos etiológicos (causas) da clínica médica, torna-se necessário um especialista para o conhecimento das diferentes patologias envolvidas nos quadros infecciosos e seus tratamentos.O infectologista é também o profissional cuja formação inclui mais extensamente o estudo sobre o uso de antimicrobianos (antibióticos, antivirais, antifúngicos) em diversas situações clínicas, podendo assim, realizar com segurança a prescrição destes medicamentos quanto à adequação, dose e tempo de tratamento.
Fontes: Infecto.org; Sociedade Brasileira de Infectologia

Parabéns a todos os infectologistas por este dia!!
Abraços de todos os profissionais Ghanem Laboratório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário